Buscar
  • Kilua

O que ser holístico?

Corpos físico, energético, emocional, mental e espiritual

O conceito holístico assenta na visão integral do homem, como um todo maior, composto por várias partes interdependentes e indissociáveis entre si.

Não somos apenas um corpo físico, feito de matéria – carne e osso. Somos também energia, mente, emoção e espírito. E o equilíbrio do nosso todo, é apenas possível, quando cada uma destas partes/ corpos se encontra em harmonia.


Corpo físico

O corpo físico é a nossa parte mais densa, que nos permite o contato direto e experiencial com o mundo e com tudo aquilo que nos rodeia, através dos 5 sentidos.

Este corpo suporta e serve de casa à nossa experiência terrena e a todas as sensações a ela associadas.


Corpo energético

O corpo energético é o responsável por armazenar e distribuir energia por todos os outros corpos, para que possam funcionar em harmonia e equilíbrio. É constituído por centros principais de energia, chamados chakras e pelos "nadis", canais pelos quais a energia chega a todo o nosso corpo.

Se estivermos energeticamente equilibrados, o nosso todo também o está. No entanto a nossa energia pode ser facilmente afetada por alterações ocorridas em qualquer um dos outros corpos.


Corpo emocional

O corpo emocional tem vibração superior ao corpo físico, tendo a capacidade de receber e enviar informação sem a necessidade de estarmos fisicamente ligados ou de usar os nossos 5 sentidos. A empatia, o amor, ou no seu oposto, a raiva, são como exemplo, emoções facilmente transmissíveis.

Apesar disso, a informação que percorre o nosso corpo emocional – emoções – provoca também sensações e alterações sentidas fisicamente. Por exemplo dores de barriga quando estamos nervosos, aceleramento cardíaco quando estamos ansiosos, ou as “famosas borboletas na barriga” quando nos apaixonamos.


Corpo mental

O corpo mental vibra de forma mais elevada que o corpo emocional. É esta a parte responsável pelo poder de concriação e da comunicação telepática, quando apenas com o poder intencional da nossa mente conseguimos chegar ao outro.

Através do pensamento, na maioria das vezes de uma forma inconsciente, escolhemos as pessoas e situações que atraímos para as nossas vidas, e até mesmo aquilo que habitualmente chamamos de “destino”. Por isso, assumir a responsabilidade pelos nossos pensamentos é assumir a responsabilidade pela vida que queremos construir.


Corpo espiritual

O corpo espiritual tem uma vibração muito elevada. Liga-nos à consciência superior, ao universo ou a Deus, como lhe quisermos chamar. É através da conexão a este corpo que nos sentimos parte integrante do todo maior, responsável por toda a existência.


Cada um dos corpos acima referidos é indissociável entre si e é um pedaço integrante do todo que somos. Sendo que necessariamente um desequilíbrio em qualquer deles afetará os restantes, assim como a harmonização e o trabalho positivo em qualquer corpo terá também efeito positivo nos outros.

O importante é que nunca deixemos esquecida nem descuidada nenhuma das nossas partes.