Buscar
  • Kilua

LUA NOVA EM LEÃO - 8 de Agosto - Conversas com a Lua by Soraia Sequeira


Saudações leoninas a todas as crianças, e atenção que todas é mesmo todas.

Hoje, em dia de Lua Nova em Leão, é Natal!


O Natal também tem inerente a si os trabalhos de casa que se devem fazer nessa quadra, e caramba, que trabalhos hercúleos esses...(aproveito para relembrar, o último toque da quadratura de Saturno em Aquário a Úrano em Touro acontece mesmo dia 24 de dezembro...revisitem lá os vossos temas de dia 17 de fevereiro e de dia 14 de junho, isto ainda não acabou!).


Dizia eu, todas as crianças estão a ser convidadas a dirigirem-se ao balcão de informação, todas, sobretudo as que estão perdidas nesse labirinto da ilusão matéria! Mas, e quem chama as crianças ao balcão de informação? E quem será? Quem poderá ser?

Vá, o pai natal não é, já sabemos certo? Ele é maravilhoso nos comerciais da coca-cola, mas é mesmo disso que se trata, ilusão!

Precisamos de acordar, os nossos adultos, NÓS, precisamos de resgatar a nossa criança! Chega de calar essa voz, chega de adiar esse projecto, chega de continuar assustado/a com a ideia de que pode ser mais livre-leve-e-solta, a vida, chega de estar subjugado às tradições que são castradoras, chega de corresponder ao ideal da mamã e do papá que, por sua vez, não souberam escolher diferente e empurram os seus sonhos e frustrações para os seus próprios filhos.


Este ano está tudo às claras, este ano sentimos bem as nossas convicções e abusos de poder a pulsar nas nossas entranhas. A criança precisa de se sentir segura, vista, amada. Que espécie de adultos somos nós se descuramos da nossa criança interior? Por quanto tempo mais vamos perpetuar e condicionar a nossa relação com o lado compassivo, alegre, criativo e amoroso da Vida?

Leão rege o nosso coração, e hoje o SOL (pai) encontra a LUA (mãe) em LEÃO, então talvez percebas, sintas, intuas, que a tua hora chegou, que a hora de honrar o teu coração chegou. Não pela arrogância e sim por Amor, sê gentil!


Coloca uma fotografia tua, da tua criança, no teu altar, junta-lhe o fogo da vela, escreve-lhe um verso, abençoa-a com a tua música preferida e dança.


Inspira outros a procurarem os seus dons, a viverem os seus sonhos, a arriscarem confiar no coração.


Hoje pode ser Natal, e a estrela somos todos nós. Guiamos e somos guiados, enquanto crianças somos esponjas e não sabemos distinguir o bem do mal, cedemos e vergamos, queremos pertencer.

A expressão criativa da Vida é transversal a todos os seres vivos, não devemos pedir licença, porém podemos estar sensíveis às necessidades alheias.

É estar Yang por dentro e Yin por fora, é confiar, ter Fé, é ser a centelha do Amor fraterno.

Boa lunação!


Soraia Sequeira